All for Joomla All for Webmasters

Como desenvolver a inteligência emocional?

 

Ter inteligência emocional é se auto conhecer e é aprender a gerenciar, e controlar as nossas emoções para assim interagir com outros indivíduos, seja no âmbito pessoal ou profissional da melhor forma possível.

Ter essa inteligência te ajuda a enfrentar desafios, a conhecer os próprios limites, e a se impor, evitando assim possíveis manipulações.

Além conseguir entender melhor o outro, e compreender as emoções e pontos de vista alheios, construindo assim relações saudáveis pautadas no respeito mútuo.

Mas se você se interessou pelo assunto e deseja entender melhor, confira o post até o final e saiba como você pode desenvolver a inteligência emocional:

Por que devemos ter inteligência emocional?

Como sabemos, as pessoas mais felizes e bem-sucedidas não são aquelas com um QI elevado. Afinal você já deve ter conhecido pessoas com uma mente brilhante, mas sem sucesso em suas relações interpessoais.

Por isso a inteligência emocional irá te ajudar:

  • A entender melhor a si mesmo;
  • Evitar conflitos, e aborrecimentos com outras pessoas. Para assim construir relacionamentos fortes, sinceros, em todos as áreas de sua vida, pessoal, profissional, etc.
  • A lidar facilmente com as complexidades do local de trabalho, e a se destacar em sua carreira;

Inclusive diversas empresas em seus recrutamentos exigem antes da contratação do profissional, que sejam feitos testes de inteligência emocional, pois já perceberam que ter essa capacidade é tão importante quanto ter uma qualificação técnica, por exemplo.

  • Se livrar de problemas mentais, tais como, alterações de humor, depressão, etc.;
  • A eliminar o estresse, a ansiedade, a baixa autoestima;
  • Sua saúde física melhora, seu sistema imunológico aumenta;
  • E também a gerenciar os problemas, e a lidar melhor com as adversidades da vida.

Então como desenvolver a inteligência emocional?

Todas as informações que chegam ao cérebro vêm através de nossos sentidos, e quando estas informações nos causa estresse ou nos despertam alguma emoção realmente forte, o instinto assume o domínio da situação, e pode interferir de forma danosa em nossa capacidade de agir, causando diversos transtornos, se não o soubermos controlar nessas horas.

E para ter a capacidade de tomar as atitudes certas, é preciso manter as nossas emoções em perfeito equilíbrio.

Ao aprender lidar com a parcela emocional do nosso cérebro, com a parte irracional, você não só vai expandir o seu leque de opções quando se trata de responder a determinada circunstância.

E você também terá fixado em sua memória emocional determinada atitude tomada, e caso venha a se deparar com a mesma situação em outro momento você já saberá como agir, quais ações assertivas tomar.

Então para se ter inteligência emocional é preciso aprender a lidar com os seguintes atributos:

Autoconhecimento

Ter autoconhecimento é poder reconhecer as próprias emoções, e entender como elas podem afetar o seu comportamento, e também o de outras pessoas.

É saber dominar todos os tipos de sentimentos sejam eles positivos ou negativos, independentemente da situação.

Desenvolver a inteligência emocional através do autoconhecimento permite despertar o potencial máximo do indivíduo, mudar pensamentos, e hábitos danosos, transformar crenças limitantes para se transformar no melhor que se possa ser.

Inclusive existem diversos livros, palestras, cursos, além de muitos materiais na internet disponíveis sobre o tema autoconhecimento, e que podem te ajudar nesse processo de desenvolvimento pessoal.

Dominar os impulsos

A impulsividade atrapalha na hora de se tomar decisões coerentes, pois o seu lado irracional pode vir à tona, e colocar tudo a perder.

Por isso procure dominar seus impulsos. Tente manter a calma e a razão antes de tudo.

Inclusive existem algumas técnicas de relaxamento que podem ajudar nesse processo de mudanças.

Exercícios de respiração e concentração são muito eficazes, e irão te ajudar a manter o autocontrole e a tranquilidade para mudar os pensamentos inadequados transformando os em ações positivas.

Aumente sua autoconfiança

Ter a consciência de suas habilidades, qualidades, e acreditar no próprio potencial, te motiva a vencer obstáculos, e superar as dificuldades e os momentos de crise.

Ao contrário de quando estamos com a nossa autoestima baixa, e não conseguimos enxergar o melhor de nós, desenvolvemos características tais como, insegurança, frustração, inadequação, dúvidas constantes, é o sentimento de incapacidade.

E ainda estabelece a constante necessidade de agradar e de ser aprovada. No entanto esse comportamento é extremamente danoso, e torna o indivíduo vulnerável e mais facilmente manipulável pelos outros.

Seu valor estará sempre a depender do que as outras pessoas dirão a seu respeito, não importando seus sentimentos, ou a sua própria opinião.

Por isso ter autoconfiança é fundamental, pois nos proporciona relacionar de maneira saudável com o ambiente externo, e acreditar no próprio potencial para se alcançar sonhos e objetivos.

Aprenda a lidar com a pressão

No mundo em que vivemos altamente competitivo, faz com que nos deparamos com situações constantes de pressões psicológicas das pessoas do nosso convívio seja em casa, no trabalho, nos relacionamentos. Além da própria cobrança pessoal que o mundo altamente competitivo que hoje vivemos, na necessidade de sermos sempre os melhores em todos os âmbitos de nossa vida.

São cobranças constantemente, e de todos os lados, por isso, precisamos desenvolver a nossa inteligência emocional, para aprender a lidar com essa pressão diária para manter a calma para que as nossas emoções não tomem o controle das situações.

Não tenha medo de se expressar

Muitas pessoas têm medo de dizer o que pensa ou sente pelo medo da rejeição, para não entrar em conflito com outras pessoas. Ou até mesmo por achar que as opiniões delas não são relevantes.

Porém não se deve ter receio de se expor para outras. Afinal se impor, e se expressar é importante para quem deseja tomar as rédeas de sua vida, e não ser apenas mais um ser manipulável por outros indivíduos.

No entanto devem se expressar de forma equilibrada e a mais racional possível, sem agredir ou diminuir a outra pessoa.

Ser assertivo requer compreensão dos problemas e contextos, e muito treino para tomar as decisões mais adequadas, até atingir o nível total de autocontrole de sua vida.

Desenvolver a inteligência emocional é fundamental para o processo evolutivo do ser humano, e por isso deve ser uma busca constante.

Rui Mesquita